Imigração Polonesa para o Rio Grande do Sul

Imigração Polonesa para o RGS

Os primeiros imigrantes poloneses chegaram ao Rio Grande do Sul há 130 anos por Wilson Rodycz

O primeiro grupo de imigrantes poloneses chegou ao Rio Grande do Sul no ano de 1875, fixando-se na colônia Conde D’Eu, Linha Azevedo Castro, atual município de Carlos Barbosa. Conquanto não se conheça a história detalhada dessa epopéia, pelos documentos e relatos que existem, se sabe que esse grupo era composto por aproximadamente 26 famílias, oriundas do norte da Polônia, território então sob domínio da Prússia. Essa origem ensejou muitos equívocos. Por que traziam passaporte prussiano, ou por que no seu linguajar havia palavras do idioma alemão, muitos pesquisadores catalogaram-nos como prussianos. No entanto, eram poloneses, o que se conclui pelos seus sobrenomes, tipicamente polacos, assim como por seus testemunhos: todos se identificavam como poloneses.

Dentre os pioneiros, destacam-se os seguintes:
Babinski –  Danielski – Langowski – Remus
Bielski – Donajewski-  Lewinski – Schiglinski
Biesek – Habowski- Merchel -Sikorski
Bruski-  Kolasa-  Miszewski – Szczepanski
Cichocki – Kraszewski – Mokwa – Szczer
Czarnowski-  Kuffel-  Odya – Sztormowski
Czerwienski-  Kurek – Osowski-  Zyglinski

A data exata da chegada dos pioneiros ainda pende de certificação. Não obstante, pelos documentos acessíveis, e segundo a tradição oral, é certo que chegaram durante o ano de 1875. Quando os primeiros imigrantes italianos foram assentados no local, nesse ano, ali já estavam instalados imigrantes suíço-franceses, tudo indicando que os poloneses foram seus contemporâneos. Correspondências da Diretoria da Colônia, pleiteando providências para a abertura de caminhos, solicitando pagamento de mão-de-obra, etc., permitem concluir que os primeiros imigrantes poloneses se estabeleceram na Linha Azevedo Castro em meados de 1875 – possivelmente no mês de agosto.

Posteriormente, outros grupos foram chegando, estabelecendo-se por todo o Estado

Deixe uma resposta